top of page
Buscar

Obras de Kleber Bordinhão ganham versão em audiolivro com 185 vozes

Atualizado: 14 de fev.

Os livros foram gravados de forma coletiva durante o Festival Multiverso TriZ e lançados esta semana



Uma ação inusitada durante o Festival Multiverso TriZ deu voz a duas obras do escritor ponta-grossense Kleber Bordinhão, chegando às plataformas digitais esta semana. Durante os três dias de evento, o público pôde escolher um dos poemas dos livros ‘Sentir é Sucinto’ e ‘Ano Neon’ e gravar a leitura com o suporte do Estúdio Piralinda. Agora, os audiolivros estão disponíveis online no www.multiversotriz.com.br, no canal do YouTube e Spotify,  com a participação de 185 vozes.


A idealização da iniciativa foi da Estratégia Projetos Criativos e da Inspire Projetos Criativos, com o patrocínio da Copel, Continental e AP Winner. “Criamos esta ação com o propósito de integrar o público do evento em uma criação coletiva, mas que fosse viável de executar ao longo dos três dias de maneira constante. E como o festival tratava a literatura em suas diferentes vertentes, queríamos abordar também a qualidade e variedade dos autores ponta-grossenses. E ainda tinha a questão da acessibilidade. Unimos tudo isso nessa iniciativa que foi muito divertida para os participantes e que deixou um legado do festival”, conta o diretor geral do Multiverso TriZ, Eduardo Godoy.


“Ao criarmos estes audiolivros estamos promovendo a acessibilidade a duas obras de relevância para a literatura produzida em Ponta Grossa nos últimos anos. Assim, pessoas com deficiência auditiva, analfabetas ou com dificuldade de leitura podem ter acesso a essas produções de forma gratuita e facilitada”, comenta a diretora de produção do projeto, Rafaela Prestes.


O primeiro livro a ser gravado foi ‘Sentir é Sucinto', lançado em 2018, pela Editora Penalux. Escrito em formato de Haicai, uma técnica de poesia japonesa de três versos, a obra traz poemas sobre família, cotidiano e história de uma forma leve e cheia de humor. A gravação, com 15 minutos de duração, traz vozes de diferentes timbres, idades e bagagens ao transformar as palavras em arte viva. De acordo com o autor, a experiência de ter sua obra gravada de forma coletiva não estava em seus planos, mas foi uma boa surpresa. “Foi uma experiência inédita ver meus textos terem um alcance tão vasto. Fiquei muito feliz em ver as novas gerações se relacionando com a poesia”, afirma. 


Outra obra gravada foi ‘Ano Neon’, lançada em 2013 pela Editora Estúdio Texto. O livro de poesia expõe a vida real de um escritor, suas alegrias, seus medos e sua vida cotidiana. “É sempre interessante dar atenção às palavras que os leitores dão ênfase na poesia, uma vez que cada pessoa tem a sua interpretação do texto, conforme sua vivência e proximidade com os poemas. Declamar um poema é uma leitura muito particular”, comenta o autor sobre o que gostaria que as pessoas prestassem atenção ao escutar o projeto finalizado.


Festival múltiplo

A primeira edição do Festival Multiverso TriZ ocorreu no Centro de Convenções do Shopping Palladium, nos dias 29 e 30 de setembro e 01 de outubro de 2023, e atraiu cerca de 6,5 mil pessoas durante os três dias de evento. Voltado para o público jovem e adolescente, a programação contou com atividades que incluíram oficinas, exposições artísticas, brincadeiras, música e conversas com nomes nacionais da literatura, como Raphael Montes (autor da série ‘Bom Dia, Verônica’), Pedro Rhuas, Ale Santos, Paula Pimenta, Ryane Leão e Renan Inquérito.


A idealização e realização do Festival Multiverso TriZ foi da Estratégia Projetos Criativos e Inspire Projetos Criativos e contou com o patrocínio da Copel, Continental e AP Winner, por meio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Profice) da Secretaria de Estado da Cultura - Governo do Estado do Paraná, e da Lei Municipal de Incentivo a Eventos Geradores de Fluxo Turístico em Ponta Grossa, do Conselho Municipal de Turismo, ligado à Secretaria Municipal de Turismo da Prefeitura de Ponta Grossa. O festival teve o apoio cultural da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Culturais (Proex) da Universidade Estadual de Ponta Grossa, parceria de mídia da RPC e chancela do Vale dos Trilhos.


8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page